BUSCA E APREENSÃO EM JAGUARIÚNA/SP

PF faz operação em ONG que atuava em Taboão da Serra

• Siga o Portal O Taboanense no Twitter e no Facebook
———————————————-

 

Por Nely Rossany, da Gazeta SP

Na terça-feira, a Polícia Federal juntamente com a Controladoria Geral da União (GCU) cumpriram sete mandados de busca e apreensão na sede ONG Bola pra Frente Brasil, em Jaguariúna, que atuou em diversos municípios do Estado de São Paulo, inclusive Taboão da Serra. A Polícia apreendeu documentos relacionados ao desvio de recursos públicos recebidos do Programa Segundo Tempo.

Segundo a PF, a instituição recebeu do Governo Federal entre 2007 e 2011, em torno de R$ 30 milhões além da contrapartida dos municípios Batatais, Guarujá, Itapira, Iracemópolis, Ibaté, Marília, Pedreira, Presidente Prudente, Oswaldo Cruz, Ourinhos, Sumaré, Taboão da Serra e Tuiuti, calculada no montante de R$ 3,5 milhões.

Foto: Arquivo do Portal O Taboanense

Evilásio ao lado da ex-jogadora Karina, que presidia a Ong na época da assinatura de contrato com a prefeitura de Taboão da Serra

De acordo com o site da TV Bandeirantes, as investigação apontam que a ONG deveria desenvolver atividades esportivas educacionais e atender a cerca de 18 mil crianças, adolescentes e jovens, porém, além do número substancialmente menor de beneficiados, não forneceu os serviços e materiais esportivos em qualidade e quantidade que declarava. Além disso, alguns dos locais de busca são de endereços residenciais em que foram estabelecidas empresas de fachada, fornecedoras que receberam milhões de reais da ONG.

Taboão

A ONG Bola Pra Frente atuou em Taboão da Serra de 2006 a 2010 e chegou a atender cerca mil crianças pelo programa Segundo Tempo. Paralelo à atuação da instituição, o programa chegou a 10 mil crianças atendidas, que praticavam esportes nas escolas, quadra se núcleos esportivos em vários bairros da cidade nos horários alternativos da escola. De acordo com a prefeitura, o Programa superou as expectativas e foi destaque na área de esporte.

Em outubro de 2011, após a ONG ser alvo de denúncias, o então secretário de Esporte,Luiz Lune em entrevista ao Portal O Taboanense, diz que nunca teve problema com a ONG. O repasse mensal para a ONG, de acordo com a reportagem era de R$ 15 mil. O valor incluía lanches, uniforme e a contratação dos professores.

Depois que o Ministério do Esporte rompeu contrato com a ONG, O projeto Segundo Tempo continuou, mas com convênio direto com o Ministério de Esporte.  O programa hoje atende cerca de mil crianças e termina em setembro próximo, de acordo com a Secretaria de Esportes.

Fonte e link: http://www.otaboanense.com.br/noticia/7783/pf-faz-opera%C3%A7%C3%A3o-em-ong-que-atuava-em-tabo%C3%A3o-da-serra/

Como anda o segundo tempo em Holambra? Ou só preocupados com reeleição?

EQUIPE OLHOVIVOHOLAMBRA

olhovivoholambra@gmail.com

About olhovivoholambra

TUDO QUE SE PASSA NAS CONTAS E CAPITAL DAS FLORES HOLAMBRA

Posted on 2 de Agosto de 2012, in EXECUTIVO, NOTICIAS and tagged , , , , . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Coloque sua opinião aquí

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: