Monthly Archives: Janeiro 2012

COMPANHEIRO É COMPANHEIRO…

VAMOS RELEMBRAR UM SUCESSO DA DUPLA CESAR E PAULINHO!

Companheiro É Companheiro

César e Paulinho

Escolha bem seus amigos de conduta
Companheiro é companheiro e ‘fiadaputa’ é ‘fiadaputa’
Escolha bem seus amigos de conduta
Companheiro é companheiro e ‘fédaputa’ é ‘fédaputa’
Escolha bem seus amigos de conduta
Companheiro é companheiro e ‘fédaputa’ é ‘fédaputa’
Escolha bem seus amigos de conduta
Companheiro é companheiro e ‘fédaputa’ é ‘fédaputa’

Quem veste a nossa camisa, é companheiro
Quem põe nós em confusão é fedaputa
Quem ajuda quem precisa é companheiro
E quem deixa a gente na mão é fedaputa

Quem devolve o que empresta é companheiro
Quem enrola igual retroz é fedaputa
Quem convida nós pra festa é companheiro
Quem deseja mal pra nós é fedaputa

Escolha bem seus amigos de conduta
Companheiro é companheiro e ‘fédaputa’ é ‘fédaputa’
Escolha bem seus amigos de conduta
Companheiro é companheiro e ‘fédaputa’ é ‘fédaputa’

Quem trabalha honestamente é companheiro
Quem rouba nosso dinheiro é fedaputa
Quem tá do lado da gente é companheiro
E quem dá o golpe traiçoeiro é fedaputa

Quem vibra o nosso progresso é companheiro
Quem tem inveja e é pobre é fedaputa
Quem quer o nosso sucesso é companheiro
Quem quer que a gente se apague é fedaputa

Escolha bem seus amigos de conduta
Companheiro é companheiro e ‘fédaputa’ é ‘fédaputa’
Escolha bem seus amigos de conduta
Companheiro é companheiro e ‘fédaputa’ é ‘fédaputa’
Escolha bem seus amigos de conduta
Companheiro é companheiro e ‘fédaputa’ é ‘fédaputa’
Escolha bem seus amigos de conduta
Companheiro é companheiro e ‘fédaputa’ é ‘fédaputa’

Anúncios

V A R I A $ M Ã O $ > > >

Bem Vindo a Holambra.

Em ano eleitoral, as restrições já estão valendo

Prefeituras e governos não podem mais distribuir benefícios que não estavam previstos

O Estado de S. Paulo

Prefeitos, governadores, partidos políticos e pré-candidatos já precisam respeitar as restrições estabelecidas pela lei eleitoral para a votação de 2012. Desde o início do ano, nenhum órgão de administração pública pode distribuir bens ou benefícios que não estavam previstos. Estão liberados apenas programas sociais autorizados em lei e incluídos em orçamentos anteriores, além de casos de calamidade pública.

O calendário com as datas em que passam a valer esta e outras restrições está no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Leia mais em Restrições eleitorais já valem para políticos, partidos e pré-candidatos

Posted by: @PatologiaPolitc

“Senhores políticos, governantes e futuros candidatos: façam de 2012 o ano de seu grande compromisso. O ano terá um caráter eleitoral, portanto, não abusem de nossa paciência. Só prometam aquilo que poderão cumprir. Não exagerem nas promessas. Procurem saber o que é ação viável de pacotes mirabolantes.

Afinal de contas, quem promete o céu sem ensinar o caminho, pode acabar caindo nas garras de Satanás. Não dá para acreditar na redenção abrupta de municípios, na salvação das populações, na melhoria de todos os serviços públicos. Sejam parcimoniosos.

Não é preciso ir longe para saber o que a sociedade quer. Basta captar o senso comum, que está a um palmo dos nossos sentidos. É claro que a população deseja que os candidatos se empenhem ao máximo para oferecer as melhores propostas e os modos mais adequados de realizá-las. Dispensa, porém, a demagogia, as extravagâncias, as fórmulas mágicas e os coelhos tirados de cartola, que se sabe, são artimanhas de ilusionistas do mundo circense.”

Trecho retirado “Um país mais sério e justo” GaudêncioTorquato, jornalista, professor titular da USP, é consultor político e decomunicação.

Leia a íntegra em Um país mais sério e justo